A Fábrica de Botões Porto é um símbolo de um polo industrial que a cidade do Porto absorveu.


Fundada no início do século XX por Abílio Campos Tavares prosperou rapidamente, sobrevivendo à migração da industria têxtil para o Vale do Ave a partir dos anos 30 e às mudanças que a Revolução de Abril trouxe ao panorama industrial, encerrando portas nos anos 90.

A fábrica ocupava um edifício, faceando a Rua da Póvoa, de modesta matriz modernista e extremamente racional, mas rapidamente expandiu-se de forma desconexa e fragmentada pelo logradouro resultando, infelizmente, num conjunto desqualificado, insalubre e de pouco interesse arquitetónico.

Devoluta, é hoje apenas um documento vazio da interessante História Industrial do Porto, expectante do eminente renascimento desta zona da cidade e do que com ele virá.


A intenção, agora, é a de devolver a pertinência a este objeto arquitetónico, adaptando-o (sabendo que a indústria hoje é inviável nesta localização) a novas utilizações que respondam às necessidades da cidade.

Mantendo (e clarificando) o seu valor simbólico, devolve-se a Fábrica de Botões Porto ao uso e às pessoas através de um programa residencial multifamiliar, apoiado por uma pequena área de comércio e serviços.


Procura-se diminuir a densidade de construção e, simultaneamente, integrar rua e logradouro, permitindo que a proposta anime o espaço público e que a rua participe no novo conjunto arquitetónico.


Devolver a Fábrica ao uso actualizando-lhe o programa não implica esquecer o significado que contém para esta porção de cidade marcada pela indústria. O seu novo desenho torna explícita a matriz que a gerou, criando novas memórias que reforçam a sua história, estabelecendo um diálogo entre os diferentes tempos da cidade.


ARQUITETURA: Tiago do Vale Arquitectos
EQUIPA DE PROJETO: Tiago do Vale, Maria João Araújo, Cláudia Vieira da Silva, Teresa Vilar, Clementina Silva, Hugo Quintela, com Coraline Pothin, Florisa Novo Rodrigues, Riddhi Varma
ANO DE PROJETO: 2018-2019
PROGRAMA: Habitação Multifamiliar, Comércio e Serviços
LOCALIZAÇÃO: Porto, Portugal
CLIENTE: Privado
ÁREA DE IMPLANTAÇÃO: 615 m2
ÁREA DE CONSTRUÇÃO: 3333 m2