Temos em mãos um projecto de reabilitação que se enquadra num tema de pertinência crescente: edificações do século XX. Trata-se de uma moradia de meados do século, de pequena dimensão e com um pequeno comércio no rés-do-chão, em contexto rural.

Conforma-se num tipo de edifício muito comum nos espaços rurais portugueses cujas necessidades mais prementes não residem na recuperação do documento histórico construído mas sim na superação das limitações técnicas da construção.

De construção modesta, com paredes simples em alvenaria mista de granito e tijolo, e um sistema de cobertura com estrutura de madeira, requer uma transformação significativa para a sua adequação aos requisitos de conforto contemporâneos.

Tentamos fazer essa transformação recorrendo a um mínimo de elementos, mas aplicados de forma sistemática. Mais desenvolvimentos em breve.