Terminando agora o dossier para licenciamento, temos tido em mãos a reabilitação deste edifício do século XIX em Ponte de Lima. Como sempre, a adequação da pré-existência aos novos usos é o principal desafio de uma intervenção deste tipo. Esta construção permitiu-nos, sobretudo, uma muito pedagógica discussão acerca do desenho de uma situação urbana tão difícil quanto interessante, embora frequentemente fora dos “radares” da retórica arquitectónica: as confrontações em logradouros de interior de quarteirão.

Mais informações em breve.